A outra reportagem saiu logo depois, no Jornal Nacional. Baseada nos dados da Associação Transporte Ativo, mostrou como vem crescendo o número de pessoas que usam a bicicleta como meio de transporte no dia a dia das cidades brasileiras. A matéria lembrou que a bicicleta está prevista no código nacional de trânsito e que os carros, ônibus e demais veículos maiores são responsáveis pela segurança dos menores.







Um dos pontos positivos da matéria do Jornal Nacional foi destacar que ciclistas não são somente aqueles que usam capacete, roupas especiais e andam nas ciclovias. Ciclistas somos todos nós que usamos a bicicleta para nos locomover, seja para ir ao trabalho, para a escola, para comprar pão, para visitar os amigos, para cumprir os compromissos ou mesmo para o lazer. São, por exemplo, a Vanessa e o Valdenilton, atropelados gravemente na Pierre Chalita.
Os dados da Associação Transporte Ativo refletem a nova realidade do Brasil. O levantamento feito em 10 grandes cidades do país mostrou que 45% dos entrevistados eram novos ciclistas, gente que pedala há menos de dois anos. Ou seja, a bicicleta está nas ruas das cidades e é preciso falar sobre ela e discuti-la a sério. Inclusive aqui em Maceió.
Vamos falar sobre bicicleta?