Após 15 horas de trabalho, contabilizou-se um total de 852 ciclistas trafegando nos seguintes sentidos:









A utilização de bicicletas cargueiras e de serviço foi bastante significativa, o que denota um uso da bicicleta para exercer atividade remunerada, pelos ciclistas que circulam pela localidade estudada, enfrentando em sua maioria o uso de bicicletas comuns indica o uso majoritário desta como um meio de transporte. O registro de mulheres ciclistas foi muito pequeno, entretanto muito maior de que em outras localidades já estudadas pela ONG, o que pode ser associado, dentre diversos fatores, à segurança das imediações, o movimento constante de pessoas, a velocidade reduzida dos veículos automotores que passam pela região e aos resquícios da implantação, suspendida pela justiça, da ciclofaixa que, em boa parte dos casos, é respeitada pelos motoristas. Fatores que reduzem significativamente a hostilidade da via.​